Arquivo para categoria Soneto

Soneto da Corrupção Brasileira

Alguns dizem ser culpa do capital,
outros dizem ser culpa apenas dos governantes.
Mas ela está em nossa história como nunca antes.
Por vezes invisível, por vezes abissal.

O brasileiro passa no sinal vermelho.
Paga propina, elege corruptos, sonega impostos.
Para desviar, o desonesto está sempre a postos.
Sorriso de regozijo ao se olhar no espelho.

Mais um desvio encontrado. Estamos anestesiados.
Por um punhado meu caráter está de lado.
A esmola não me ensina a pescar.

Sociedade de conchavos e hedonista.
Privilégios acima de princípios; assistencialista.
Será que meus filhos verão isso acabar?

1 comentário